/Des. Durval Aires Filho eleito para a Academia Cearense de Letras

Des. Durval Aires Filho eleito para a Academia Cearense de Letras

Des. Durval Aires Filho 2
Des. Durval Aires Filho

A Academia Cearense de Letras acaba de eleger o escritor Durval Aires Filho para a vaga do poeta Arthur Eduardo Benevides. O novo imortal é magistrado, desembargador, presidente da 7ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Ceará, professor adjunto da Universidade Estadual do Ceará e jornalista colaborador. Publicou centena de artigos e os seguintes livros técnicos: As 10 Face do Mandado de Segurança, Corrida Eleitoral: Limites Atuais da Propaganda, Mandado de Segurança em Matéria Eleitoral e Direito Público em Seis Temas Teóricos Relevantes e Atuais. Na ficção, levou a lume: O Homem do Globo e Outros Contos e Onze Contos Reais.

Sagrado vitorioso na disputa – concorreu com a professora Vera Morais, Hévia Herculano e Ernando Rocha – revelou: “Ao ultrapassar as portas deste centenário prédio da Rua do Rosário, vem a lembrança do idealismo do anglo-cearense Barão de Studart e de Thomaz Pompeu de Sousa Brasil. E o compromisso de propiciar, juntamente com os acadêmicos, o progresso das letras cearenses, acompanhar os problemas culturais do Estado e produzir literatura”. Acrescentou finalmente: “Estou muito feliz em assumir a vaga do poeta Artur Eduardo Benevides, no sodalício mais antigo do Brasil (a ACL e mais velha que a ABL) e mais feliz em compor uma academia que pertenceu também ao meu saudoso pai”.